buscar

Notícias de Tecnologia
Nosso presente é a melhor garantia do futuro

A EDICOM automatiza as comunicações das faturas eletrónicas com as Finanças Portuguesas

08/07/2013

A EDICOM desenvolveu um novo módulo de comunicações que simplifica e automatiza o processo de envio e controlo que as autoridades fiscais portuguesas efetuam sobre as faturas eletrónicas emitidas pelas empresas com sede social portuguesa.

Ligação através dos Web Services

A nossa solução SAFT-PT, incorpora um conector web services que capacita os mecanismos de comunicação necessários para uma transmissão de dados direta e segura com as autoridades fiscais portuguesas.

A implementação deste módulo de ligação desenvolvido pela EDICOM otimiza o processo de emissão das faturas eletrónicas nas empresas, submetendo a uma declaração online e automática cada uma das faturas eletrónicas criadas pela solução.

Com este processo, totalmente transparente, as empresas conseguem eliminar da sua gestão administrativa as tarefas de declaração manual do ficheiro SAFT-PT. Este é um tipo de ficheiro XML que contém os dados obrigatórios das faturas criadas num determinado período de tempo, e que as autoridades portuguesas obrigam a declarar através de um processo de registo e publicação manual no Portal e-fatura.

Adicionalmente, a nossa solução continua a criar o ficheiro SAFT-PT com todos os dados obrigatórios de controlo exigidos pelas autoridades e armazena-os num repositório de dados sob rigorosas condições de segurança, para consulta online permanente, tal como indica a lei. Com este desenvolvimento técnico, a solução de e-Invoice da EDICOM cumpre totalmente com a legislação portuguesa em matéria de armazenamento e acessibilidade.

Solução Certificada

É conveniente recordar que o Ministério das Finanças de Portugal obriga as empresas com sede social portuguesa, que façam a sua contabilidade por meios informáticos, à implementação de um software de faturação certificado. Neste sentido, a EDICOM conta com a homologação das autoridades portuguesas de acordo com os requisitos estabelecidos na Portaria 363/2010 de 23 de junho.

Nesta mesma linha, todos os testes de comunicação através de web services com as autoridades fiscais portuguesas foram superados com sucesso e estão técnica e legalmente auditados para garantir uma ligação direta e segura.

Gostaria de mais informações?


Solicite-as