Notícias de Tecnologia
Nosso presente é a melhor garantia do futuro

O SRI Equatoriano amplia o prazo para migrar ao novo esquema Offline de Faturamento Eletrônico

08/01/2016



O Servicio de Rentas Internas (SRI) do Equador, ampliou o prazo para dois anos para que os emissores eletrônicos migrem ao novo esquema Offline, que permite enviar a fatura eletrônica ao cliente e ao organismo tributário de forma simultânea. Tal e como específica a reforma da resolução NAC-DGERCGC15-00000745-B, até o dia 31 de dezembro de 2017, os contribuintes poderão utilizar de forma paralela os modelos: Online e Offline.

Com esta medida, o SRI tem como objetivo facilitar a implementação do novo esquema. Estes 24 meses de margem serão de grande ajuda para que os contribuintes se incorporem e adaptem sua infraestrutura tecnológica de uma forma mais progressiva. Assim, em Janeiro de 2018, todos os emissores já utilizarão o modelo Offline.

Quais são as características do novo sistema de emissão?

A principal diferença entre o modelo atual e o Offline é que se simplifica o processo de emissão de faturas. Atualmente, é necessário que os contribuintes coloquem à disposição, seus comprovantes ao SRI, os recebam validados e posteriormente, os enviem aos destinatários. Por outro lado, com o novo sistema, as faturas serão enviadas simultaneamente ao cliente e ao SRI.

Outra das características deste esquema é que se unificam a chave de acesso e o número de autorização. Ambos passarão a ser o mesmo numero e conterão em sua estrutura 49 dígitos. Com esta unificação, se reduzirá também a informação que contém a Representação Impressa do Documento Eletrônico (RIDE), já que haverá um único número e o tipo de emissão solo poderá ser normal.

EDICOM, preparada para o esquema Offline

O Observatório Permanente de Fatura Eletrônica da EDICOM estuda, acompanha e mapeia em mais de 60 países de todo o mundo, a evolução dos requerimentos legais e fiscais da Fatura Eletrônica. Graças a ele, nossas soluções estão constantemente atualizadas com os distintos requerimentos de cada país.

Atualmente, a da EDICOM já está adaptada aos requerimentos que exige o modelo Offline, para que possam migrar a ele todos os emissores eletrônicos do Equador.

Gostaria de mais informações?


Solicite-as

Tags

Cloud Computing B2B Cloud Platform EDI ASP-SaaS e-Invoicing GDSN VMI VAN OFTP2 AS2 Certification Authority Digital Signature Outsourcing SLA Software EDICOM Events SaaS-ASP Corporate Information GS1 CFDI PAC APP Associated Data Sync partners EDICOM Retail public administrations Acreditations Web Portal EDI NF-e einvoicing Partner Web Portal SAP EDI Health Edicomdata ediwin CRP EBI B2B EDICOMNet edi logistics SAFT-PT business@mail CT-e NFS-e TSD epayrolls factura electronica edi automotive comprobante de pago CAE DTE e-awb nfc-e comprobante fiscal electronico compliance xml-cargo edicom air iata e-cargo facturación electrónica IVA AFIP Cargo-XML EDICOMAir SUNAT Perú EDI Auto b2g datapool panama PCRDD edi academy sat paperless mmog OFTP EDI Web carrefour boleto financeiro Brasil boleto financeiro não registrado boleto registrado colombia factoring X12 DIAN México DESADV ASN Costa Rica Nexxera interoperabilidad Cancelación Brazil redes supermercadistas centros de compras no Brasil european union emisión electrónica global einvoicing factura electrónica ecuador VAT compliance aviso de expedición Advanced Shipped Notice Despatch Advice data synchronization SEFAZ fatura eletrônica Nota Fiscal Eletrônica tendencias interoperability interconexión SINTEL Brasil interoperabilidade e-procurement trends digitization digital transformation SaaS MMOG/LE latam cybersecurity EDI financeiro white paper factura electrónica colombia fintech ebimap SME EDICOMLta e-commerce EDI financiero fattura b2b B2B e-Invoicing GDPR portugal blockchain

Siga-nos

  • linkedin
  • rss