buscar

Notícias de Tecnologia
Nosso presente é a melhor garantia do futuro

Shared Services Center - Como adaptar-se ao cumprimento fiscal na LATAM?

27/04/2016



Cada vez são mais as multinacionais de todo o mundo que decidem centralizar seus sistemas e operações fiscais através dos denominados Shared Services Center. O objetivo é aumentar a eficiência e economia em custos econômicos. Por outro lado, muitos destes centros se encontram com dificuldades para o cumprimento de algumas normativas como a fatura eletrônica ou a contabilidade eletrônica, especialmente nos países latino americanos.

México, Brasil, Chile ou Argentina já obrigam a seus contribuintes a empregar a fatura eletrônica para evitar a evasão fiscal e aumentar a eficiência. Também outros países, como Colômbia, implementarão este sistema proximamente. A dificuldade para os Shared Services Center é que cada uma destas regiões exige certos requerimentos técnicos e fiscais muito diferentes. E, além disso, as normativas mudam e evoluem periodicamente.

Como podem adaptar-se os Shared Services Center ao cumprimento fiscal na América Latina?

Tomemos como exemplo, uma multinacional que centralizou seus sistemas em um Shared Service Center e deve dar serviço a suas filiais no México, Brasil e Argentina, por exemplo. Para agilizar o comprimento fiscal (faturas, holerites, contabilidade eletrônica, etc.), EDICOM oferece aos centros, a possibilidade de terceirizar estes processos através da plataforma Global e-Invoicing.

O funcionamento é muito simples. Esta solução se integra com o sistema de informação centralizado da multinacional e automatiza a emissão, declaração, armazenamento e envio das faturas eletrônicas, conforme a legislação vigente em cada filial. Trata-se de uma plataforma adaptada aos requerimentos de mais de 60 países de todo o mundo. Ou seja, que uma única solução é suficiente para operar em qualquer região.

Temos que levar em consideração também que, graças ao trabalho do Observatório Permanente da Fatura Eletrônica, a plataforma Global e-Invoicing atualiza-se constantemente ante qualquer cambio normativo que se produza. Também inclui paulatinamente aos novos países que decidem somar-se a esta tecnologia. Deste modo, os Shared Services Center têm sempre a garantia de cumprir corretamente com as exigências normativas de cada uma de suas filiais sem necessidade de realizar nenhuma modificação.

Com esta plataforma, as multinacionais podem aproveitar ao máximo os benefícios do faturamento eletrônico. Além disso, é possível alcançar a economia de escala e a eficiência previstos inicialmente com a implementação de seu Shared Service Center.

 

Gostaria de mais informações?


Solicite-as