buscar

Notícias de Tecnologia
Nosso presente é a melhor garantia do futuro

SaaS: a revolução dos serviços tecnológicos na nuvem

05/05/2017

Software as a Service

O uso do cloud computing se está consolidando no mundo empresarial. As empresas de todos os tamanhos e setores recorrem cada vez mais a essa tecnologia. De fato, um informe da Inter Security afirma que, nos próximos 2 anos, as organizações dedicarão até 80% de seus orçamentos de TI para soluções em nuvem. Além disso, o conceito de nuvem é amplo e abarca uma variedade de segmentos. Entre eles, o mercado SaaS é um dos mais maduros.

O que é SaaS?

SaaS é a sigla de Software as a Service. Se trata de um modelo tecnológico que permite aos usuários acessarem um determinado software através da nuvem. Ao contrário do que ocorria há alguns anos, a empresa já não compra a licença de propriedade de uma solução que instala em seu servidor, e sim de certa forma ¨aluga¨ unicamente o serviço que necessita.

No último trimestre de 2016, o segmento SaaS alcançou um volume de negócio mundial de 13 bilhões de dólares. Essa cifra, apresentada em um informe por Synergy Research Group, representa um crescimento de 32% em relação ao ano anterior. Ademais, a consultora prevê que o uso dessa modalidade tecnológica em nuvem seja duplicado até 2020.

Qual a razão do incremento do SaaS?

O software como serviço se está incrementando tanto nas grandes companhias como nas PME de todos os setores. Essa rápida expansão se deve às vantagens que o seu uso traz. Entre elas podemos destacar:

  • Economia de custos: Com o SaaS, a empresa já não tem que realizar o grande investimento que é requerido quando se compra o software como produto. O custo econômico se adequa ao uso que a solução tecnológica trará. Ademais, já não é necessário dispor de uma equipe própria para manutenção, posto que a tarefa fica externalizada com a contratação do SaaS.
  • Flexibilidade: Quando se compra um software é a companhia que tem que se adaptar à solução comprada, e não o contrário. Esse problema desaparece com o SaaS, já que é possível ampliar ou reduzir o serviço contratado facilmente. Essa capacidade de adaptação converteu o SaaS em uma opção para pequenas e grandes companhias.
  • Maior Segurança: Os fornecedores do SaaS velam pela segurança dos dados nas empresas que utilizam este tipo de solução. Normalmente, se trata de plataformas com diversas certificações e que garantem por contrato a integridade e a confidencialidade da informação através de mecanismos como a encriptação ou a assinatura digital.
  • Manutenção permanente: As tecnologias avançam rápido. Isso provoca que os softwares fiquem obsoletos pouco depois de serem adquiridos. Pelo contrário, as soluções no modo SaaS permanecem atualizadas a todo momento, sendo adaptadas às novidades do mercado. Essa manutenção se realiza por técnicos dedicados, não supõe custos econômicos adicionais e também permite o funcionamento ininterrupto do serviço, algo que não seria possível com um software-in-house.
  • Acessibilidade global: Essa é uma vantagem que vai ganhando peso com o passar do tempo, já que a globalização chegou a companhias de todos os setores. Com o SaaS, é possível acessar a solução tecnológica da empresa desde qualquer lugar com uma simples conexão à internet, já que a mobilidade já não é um problema.

EDICOM B2B Cloud Platform

As soluções tecnológicas da EDICOM são desenvolvidas na modalidade SaaS. Desde o EDI até processos de emissão e recepção de notas fiscais eletrônicas. Ou seja, todo o software reside em nossos servidores. Desse modo, podemos garantir uma disponibilidade de serviço de 99,9% e a máxima segurança.

Mais de 14.000 clientes de todo o mundo acessam suas soluções de comunicação eletrônica através da EDICOM B2B Platform, um entorno tecnológico monitorizado 24 horas por dia, atualizado constantemente e que duplica todos os recursos para assegurar a disponibilidade absoluta. E ainda conta com um centro de recuperação de desastres fora das instalaç4oes da EDICOM, o que permite garantir o armazenamento dos dados.

Gostaria de mais informações?


Solicite-as

Siga-nos

  • linkedin
  • rss