Gestão otimizada da cadeia de valor
Otimize os estoques implantando o CRP/VMI

Gestão do Fornecimento

Perguntas Frequentes

Quais são os objetivos do CRP/VMI?

Os objetivos do sistema Vendor Managed Inventory incluem a redução de estoques ao longo da cadeia de fornecimento e a garantia do envio das entregas integralmente, eliminando a falta de estoque no ponto de venda.

Qual é a abrangência do CRP/VMI?

Abranger a cadeia de fornecimento, primeiramente envolvendo fornecedores e distribuidores, e finalmente, outros agentes, tais como operadores de logística. O modelo concreto de implantação dependerá do sistema de distribuição utilizado pelos fabricantes e distribuidores, podendo incluir no processo plataformas de logística ou centros de distribuição e até mesmo lojas individuais.

Qual é o processo básico de trabalho no modelo CRP/VMI?

Fornecedor e distribuidor devem estar de acordo e envolvidos na implantação do sistema CRP. Ambos devem compartilhar um determinado procedimento de trabalho que se inicia com o distribuidor, fornecendo informações regulares sobre as suas vendas e/ou estoques, que são enviadas por via eletrônica ao fabricante. O fabricante processa essas informações através de aplicativos informáticos específicos, fazendo uma previsão da demanda, que resultará na entrega da mercadoria no destino. A entrega destes pedidos é feita automaticamente, sem que o cliente ou distribuidor tenham que emitir um pedido específico, simplificando assim os processos operacionais e administrativos das partes.

Posso incluir no modelo de previsão questões como promoções ou sazonalidade?

Os aplicativos CRP/VMI devem ser capazes de integrar diferentes sistemas de previsão de demanda para adaptar-se aos múltiplos casos existentes no mercado. As soluções da EDICOM são capazes de ajustar as previsões para questões tão diversas quanto promoções, sazonalidade das vendas, capacidade de carga dos veículos, otimização de fretes, combinação de cargas de vários produtos, etc.

Como o fornecedor se beneficia?

O fornecedor é informado com antecedência sobre a demanda prevista, permitindo a adequação de seus planos de produção e entrega com mais precisão. Isso contribui para uma otimização dos recursos disponíveis, e um menor número de incidências nos pedidos, resultando em custos mais reduzidos.

Todos estes aspectos contribuem para melhorar os processos envolvidos na prestação do serviço ao cliente: O departamento de compras é capaz de adequar melhor seus pedidos de matérias-primas, com a redução das mesmas em estoque, além de obter uma previsão estável de pedidos no momento, o que permite melhores índices financeiros e previsões ajustadas de caixa.

No ponto de venda, elimina-se a falta de estoque, o que acaba resultando no aumento das vendas, e contribui para uma melhor percepção no distribuidor com relação ao serviço prestado pelo fornecedor.

Como o distribuidor se beneficia?

O distribuidor garante a entrega adequada e oportuna em seus pontos de venda. Mantém o estoque ideal para atender os clientes finais, gerando melhorias operacionais e redução de custos. No caso de produtos perecíveis, garante também uma reposição contínua e oportuna, sem praticamente nenhuma perda.

A implantação do CRP melhora o serviço ao cliente, eliminando a falta de estoque, e facilita uma gestão mais ágil dos armazéns com menos produtos.

Todas estas circunstâncias, em última análise, se traduzem no aumento das vendas a um custo reduzido, gerando melhores taxas de lucro comercial. 

Principais Vantagens

  • Elimina as faltas de estoque.
  • Redução de estoques nos armazéns do cliente e do fornecedor.
  • Planejamento e aproveitamento de recursos otimizados e fabricação e entrega do produto.
  • Redução dos prazos de fornecimento.
  • Redução dos custos operacionais e financeiros.
  • Aumento das vendas.

Documentação relacionada