buscar

Documentos Fiscais Eletrônicos                                           
A solução para todos os seus documentos fiscais.

Documentos Fiscais Eletrônicos

O que é?

A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica é o documento que a SEFAZ estabelece como obrigatório para documentar as operações relativas à prestação de serviços entre parceiros comerciais.

O aspecto decisivo no processo de emissão da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica concentra-se, por um lado, na declaração junto às autoridades locais correspondentes, que representam mais de 500 pontos de entrada de notas fiscais. Por outro lado, embora exista um modelo simplificado do documento, as informações podem variar de acordo com as necessidades do município.

Formato

Assim como outros documentos fiscais como a NF-e, baseia-se na construção de um arquivo de dados estruturado em formato XML.

O arquivo que os emissores devem declarar junto à Prefeitura correspondente chama-se Recibo Provisório de Serviços (RPS) e contém as informações fiscais sobre as operações comerciais que devem ser enviadas ao órgão tributário municipal.

Mecanismos de segurança

O documento XML garante sua integridade e autenticidade com a assinatura eletrônica do emissor.

O processo exige que o emissor tenha um certificado digital emitido por uma autoridade de certificação acreditada pela ICP-BR.

Procedimentos administrativos

O contribuinte deve entrar em contato com a Prefeitura e preencher um documento chamado Cadastro de Emissor da Nota Fiscal Eletrônica de Serviços (NFS-e) para cada município em que a empresa opere.

Comunicações

É preciso contar com mecanismos de conexão por meio de webservices para conectar-se com o serviço fiscal da Prefeitura correspondente. Por meio destes mecanismos realiza-se a declaração do arquivo chamado Recibo Provisório de Serviços (RPS) e também o recebimento da NFS-e autorizada pela administração.

Armazenagem

O emissor e o destinatário devem guardar os documentos eletrônicos (XML NFS-e) autorizados pela Prefeitura em um arquivo seguro para apresentá-los às autoridades fiscais, se necessário. O armazenamento deve ser feito durante o período legal exigido por lei, que é de cinco anos.

Outras Obrigações

Depois de autorizado pela Prefeitura, o arquivo eletrônico gerado a partir da NFS-e (XML) deve ser enviado para o cliente da empresa emissora (ou o destinatário da NFS-e).

GLOBAL E-INVOICING

GLOBAL EINVOICING

Como deve ser a minha solução de NF-e

  • Capaz de emitir outros documentos fiscais (CT-e, NFS-e).
  • Garantia de conexão com qualquer órgão fiscal.
  • Garantia de atualização no caso de desenvolvimento de novas versões.
  • Integração com qualquer aplicativo ou ERP.
  • Plataforma de emissão de nota fiscal para toda a região latino-americana.
  • Serviço operado na nuvem com economia de custos em infraestrutura.
  • Suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana multilíngue para todo o continente latino-americano.