Worldwide EDI
Realize o intercâmbio de seus documentos XML/EDI com parceiros em todo o mundo

O EDI, “intercâmbio eletrônico de dados”, é um sistema essencial de troca de informações entre as empresas

Como funciona

Em um processo tradicional, com base no gerenciamento manual das informações, um esquema típico de troca de documentos seria semelhante ao seguinte:

edi document O departamento responsável gera um pedido de compra
fax A ordem de compra é enviada por fax ou e-mail ao fornecedor
edi document O fornecedor recebe a ordem de compra, abre, lê e novamente faz o registro dos dados em seu sistema informatizado
edi document O fornecedor emite, imprime e envia a nota fiscal por fax, e-mail ou correio.
edi document O cliente recebe a nota fiscal, abre, lê e registra manualmente os dados em seu sistema de gerenciamento de contas a pagar.

Os sistemas EDI implementam soluções de computador para computador que permitem que os modelos de gerenciamento das informações troquem dados diretamente entre si, eliminando muitas das tarefas manuais e oferecendo agilidade e segurança ao processo.

electronic data interchange

Preparação dos dados:

O ERP do emissor deve gerar uma estrutura de dados que contenha todas as informações necessárias para emitir o documento EDI que será enviado. A preparação destes dados pode ser realizada utilizando diferentes sistemas:

  • Por meio de janelas ou formulários implementados no software EDI: Envolve uma gravação manual dos dados que deve conter a mensagem EDI.
  • Exportação de dados do ERP: É o método mais difundido e requer a preparação do ERP para que ele possa gerar arquivos csv, txt, etc. com os dados que serão transferidos para o software EDI, que gerenciará o processamento e o envio.
  • Integração direta com o ERP: Requer uma conexão direta do software EDI com o sistema de gerenciamento, que aciona aplicativos e processos específicos para extrair diretamente do banco de dados do ERP as informações para as mensagens EDI que serão enviadas.

O processamento dos dados para o padrão EDI

Quando os dados da mensagem estão no software EDI do emissor, efetua-se a conversão de acordo com os padrões EDI estabelecidos pelo destinatário. Este processamento requer a implementação de sistemas de validação para verificar se todas as informações necessárias para estruturar a mensagem estão presentes. Também envolve processos adicionais, como assinatura digital quando exigida para a emissão de documentos, como é o caso das notas fiscais eletrônicas em alguns países.

A transmissão da mensagem EDI

O documento EDI é enviado por meio de um sistema de comunicação previamente definido entre o emissor e o destinatário. O software EDI reconhecerá o destinatário e automatizará o envio utilizando sistemas ponto a ponto , como AS2, OFTP2, FTPS, W. Services HTTPS ou por meio de serviços privados, como as Redes de Valor Agregado (VAN) ou as Redes Privadas Agregadas (Private Added Networks).

O recebimento dos dados

Quando a mensagem é recebida pelo software EDI do destinatário, inverte-se o processo. Assim, a solução EDI do destinatário validará a mensagem e a transformará em uma estrutura de dados capaz de ser processada pelo ERP, integrando-se ao seu sistema informatizado interno.

Principais Vantagens

  • Simplificação da comunicação com seus parceiros com o uso de um meio de comunicação
  • Redução do tempo gasto em tarefas operacionais
  • Maior agilidade no processo de escalabilidade para atender aos diferentes processos de negócios
  • Precisão no processamento das informações
  • Melhora do serviço ao cliente final
  • Validação e rastreabilidade das informações em tempo real
  • Diminuição de erros
  • Maior segurança e controle das transações
  • Redução dos custos administrativos

Notícias

28/04/2017

A DIAN certifica a EDICOM como fornecedor de fatura eletrônica na Colômbia

A EDICOM é uma das primeiras empresas a receber essa autorização, superando todos os requisitos tecnológicos e financeiros que estabelece a normativa