Worldwide EDI
Realize o intercâmbio de seus documentos XML/EDI com parceiros em todo o mundo

O EDI, “intercâmbio eletrônico de dados”, é um sistema essencial de troca de informações entre as empresas

O que é EDI

A sigla EDI (Electronic Data Interchange) refere-se a uma tecnologia utilizada desde os anos 1960 no mundo dos negócios para a troca de dados entre diferentes sistemas informatizados.

O EDI integra tecnologias de comunicação e softwares específicos para que os sistemas de informação das empresas possam transmitir de forma transparente dados críticos de caráter comercial, logístico ou fiscal. Graças a este modelo de troca de dados, os sistemas internos de gerenciamento dos diferentes parceiros envolvidos em uma relação comercial podem ser integrados, automatizando assim o registro e o controle de operações comerciais essenciais.

A natureza padronizada dos documentos é o que essencialmente diferencia o EDI de outros sistemas de troca de informações. Os pedidos, notas de remessa, notas fiscais, inventários, listas de preços etc., podem ser trocados eletronicamente entre os diferentes parceiros com o uso de uma linguagem comum que permite a integração em qualquer sistema informatizado.

Quase todas as transações realizadas por meios convencionais (fax, correio, e-mail...) podem ser administradas com o EDI.

O que não é o EDI

EDI not copyright O EDI não tem direitos autorais EDI Not a email Uma mensagem EDI não é um e-mail

Desde a criação da linguagem EDIFACT pela ONU/CEFACT, a troca eletrônica de dados tem como premissa estender o uso desta tecnologia a todos os setores industriais em qualquer lugar do mundo. Sem restrições e sem barreiras que dificultem a adoção da tecnologia EDI. O segredo são os padrões abertos e disponíveis para qualquer empresa.

Este modelo permite que as empresas possam automatizar a troca de informações com base em algumas regras conhecidas e compartilhadas independentemente do software utilizado. Seus clientes ou fornecedores podem fazer o EDI com você mesmo que eles possuam soluções próprias ou de fornecedores diferentes dos seus.

Embora a sua aparência tenha algumas semelhanças com os clientes de e-mail típicos, o EDI não utiliza o mesmo sistema de trabalho nem os mesmos protocolos de comunicação.

As mensagens EDI não são desenvolvidas para serem enviadas por pessoas, mas por máquinas. Assim, a forma pela qual uma mensagem chega ao seu destino deve estar implícita na própria estrutura dos dados da mensagem. Esqueça os e-mails de seus clientes ou fornecedores e comece a utilizar termos como GLN (Global Location Number).

Principais Vantagens

  • Simplificação da comunicação com seus parceiros com o uso de um meio de comunicação
  • Redução do tempo gasto em tarefas operacionais
  • Maior agilidade no processo de escalabilidade para atender aos diferentes processos de negócios
  • Precisão no processamento das informações
  • Melhora do serviço ao cliente final
  • Validação e rastreabilidade das informações em tempo real
  • Diminuição de erros
  • Maior segurança e controle das transações
  • Redução dos custos administrativos

Notícias

28/04/2017

A DIAN certifica a EDICOM como fornecedor de fatura eletrônica na Colômbia

A EDICOM é uma das primeiras empresas a receber essa autorização, superando todos os requisitos tecnológicos e financeiros que estabelece a normativa